Imprimir Shortlink

Representantes das BCS’s discutem a importância da criação dos Conselhos Comunitários de Segurança

Representantes das Bases Comunitárias de Segurança (BCS) dos bairros de Águas Claras, Calabar/Alto das Pombas, Chapada do Rio Vermelho, Bairro da Paz, Narandiba, São Caetano, Uruguai e Itinga participaram no dia 24 de julho, de uma reunião na sede do Ministério Público Estadual, no CAB, coordenada pelo CEOSP, para discutir a importância da criação dos Conselhos Comunitários de Segurança nas localidades onde há BCS’s, estando também presentes, representantes do Departamento de Polícia Comunitária de Direitos Humanos (DPCDH) e da Superintendência de Prevenção à Violência (SPREV) da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia.

Na ocasião, a promotora de Justiça Mônica Barroso, coordenadora do Centro apresentou os projetos desenvolvidos pelo Ceosp – ‘Comunidade Legal’, ‘Cisp Regional’ e ‘Comunidade Segura’, tendo este o objetivo de contribuir para a melhoria do sistema de defesa social, atuando como parceiro das comunidades e de suas lideranças, fomentando a implantação e o fortalecimento dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs), entidades que fazem a intermediação entre o sistema de segurança pública e a sociedade. A promotora de Justiça ressaltou a importância das BCS’s auxiliarem no processo de criação dos Conselhos por conhecerem a comunidade e os problemas enfrentados nos locais. Ficou deliberado que serão agendadas reuniões nas Bases Comunitárias de Segurança para discutir a criação dos Consegs, com a participação de lideranças locais e de representantes do MP.

Deixe uma Resposta